Acesse nosso portal

Blog EAD Tobias Barreto

Estudar sem sair de casa é opção de milhares de brasileiros

Postado por Cleiton Miranda on 17-01-2018 9:00

Se você está interessado na possibilidade de estudar sem sair de casa, leia este post para entender por que cada vez mais pessoas optam por essa modalidade, quais são as vantagens, além de algumas dicas para aproveitar melhor essa experiência. Vamos lá?

Estudar sem sair de casa: um panorama do ensino a distância no Brasil

A educação a distância é uma modalidade prevista em lei pelo Ministério da Educação (MEC) desde 1996. Com a popularização da Internet e com o auxílio das tecnologias da informação, a EaD se tornou uma forma de democratização da educação, facilitando o acesso às instituições de ensino superior.

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), o número de estudantes matriculados em cursos de ensino superior EaD cresceu 18,6% na última década.

Não está convencido? O Censo da Associação Brasileira de Ensino a Distância (ABED) de 2014 aponta para 3.868.706 novas matrículas no ano analisado.

O estudo mostra ainda que mais da metade das instituições que atuam no segmento EaD aumentaram os investimentos na área em relação ao ano anterior.


Quais são os benefícios de estudar sem sair de casa?

Fazer uma graduação EaD apresenta uma série de benefícios para o estudante. Confira alguns deles abaixo:

Você aprende no seu tempo

Em cursos presenciais, o conteúdo avança independentemente das particularidades de cada estudante. No ensino a distância, você também tem prazos para cumprir suas atividades, mas pode estudar sem sair de casa, no seu tempo, dedicando mais atenção àqueles temas em que você sente mais dificuldade.

Flexibilidade para estudar quando e onde quiser

Conciliar trabalho, estudos, família e lazer nem sempre é fácil. Estudar sem sair de casa lhe dá a liberdade de aproveitar as suas horas vagas para investir em uma formação acadêmica de qualidade. Você pode ler os textos ou assistir às videoaulas no seu celular enquanto está no ônibus, por exemplo.

Mensalidades que cabem no orçamento

Estudar sem sair de casa é uma ótima opção para quem está com pouca grana. Segundo o INEP, os cursos EaD são 40% mais baratos que os presenciais. Isto acontece porque, apesar de geralmente possuírem polos de apoio presencial aos estudantes, as instituições de ensino superior precisam de menos recursos para mantê-los.  

Dicas para quem quer estudar sem sair de casa

Precisa de ajuda para explorar o universo dos cursos EaD? Veja três dicas importantes para aproveitar a oportunidade de estudar sem sair de casa.

Verifique a reputação da instituição de ensino

Antes de se matricular ou assumir qualquer compromisso formal, faça uma pesquisa na plataforma E-mec, do Ministério da Educação (MEC), sobre a situação da instituição de ensino superior. Lá é possível verificar se a IES está autorizada a ministrar cursos EaD, qual é a classificação obtida nos parâmetros de análise estabelecidos, entre outros dados.

Estabeleça uma rotina de estudos

Estudar sem sair de casa pode ser um desastre se você não souber se organizar. Sabemos que nem sempre dá para estudar 6 horas por dia, mas é importante reservar pelo menos algumas horinhas do seu dia para ler, fazer as atividades e estar em contato com os seus estudos.

Interaja no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)

Graças à interatividade das plataformas virtuais, você pode interagir com o corpo docente e seus colegas de curso. Isso é fundamental para trocar ideias, enriquecer a discussão sobre os tópicos trabalhados em aula e começar a construir sua rede de contatos profissionais desde a graduação.

Pensando em fazer uma graduação EaD? Não deixe de conferir nosso e-book Começando a Carreira na Faculdade. O sucesso só depende de você!

Cleiton Miranda

Escrito por Cleiton Miranda

Topics: Estudar sem sair de casa, Estude sem sair de casa, universidade