Acesse nosso portal

Blog EAD Aracaju

TRANSFERIR O CURSO PRESENCIAL PARA EAD É POSSÍVEL!

Postado por Willian Almeida on 19-02-2018 15:18

Por uma série de razões, um estudante pensa em trocar de curso no decorrer da vida acadêmica.

E, embora mudar para um curso de Educação a Distância não seja ainda tão comum, também é possível. Nesse post, você fica sabendo melhor quais são os critérios para este procedimento. Vamos lá?

O que leva um estudante a trocar de curso?

De modo geral, são várias as razões que motivam um graduando a trocar de curso. Algumas vezes, essa mudança é fruto de um anseio pessoal, noutras essa necessidade manifesta-se em virtude de circunstâncias externas.

Dentre as circunstâncias que levam o estudante a tomar essa decisão, estão: dificuldades com as ementas do curso de origem e falta de tempo para dedicar a atividades fora de sala de aula por conta do trabalho. 

Entre as razões que não estão sob o seu controle, cita-se, como exemplo, a mudança para uma outra cidade em que não há uma universidade ou faculdade bem estruturada, ou que possua o curso que o aluno deseja.

Para continuar estudando, portanto, a alternativa é transferir o curso presencial para um curso a distância.

Como proceder a transferência?

A boa notícia para o graduando que deseja transferir graduação presencial para EaD é que não há a necessidade de submeter-se a um novo processo seletivo.

Via de regra, basta que sejam respeitadas as condições especificadas no edital de transferência externa ou interna (para quem já é aluno da instituição) sendo as principais: a existência de vagas e a apresentação de todos os documentos solicitados.

Caso deseje efetuar o aproveitamento de estudos, é obrigatório, por exemplo, a apresentação do programa de disciplinas cursadas.

Tenho alternativas para continuar não pagando ou desembolsando muito pouco?

Até mesmo aquela que poderia ser a maior desvantagem pode ser contornada. Hoje em dia, as instituições de ensino oferecem diversas alternativas ao estudante que está com o financeiro apertado.

São elas: as bolsas parciais ou integrais oferecidas pelo Programa Universidade Para Todos (ProUni) e a inscrição no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), programa do Ministério da Educação que financia cursos superiores em até 100%.

Além disso, o aluno conta com o FIEF - Financiamento Estudantil Facilitado e, ainda, com o Seguro Educacional, cuja cobertura pode estender-se até a formatura, desde que respeitados os termos do regulamento.

Para finalizar, aqui na Universidade Tiradentes, o aluno vindo por transferência externa pagará o valor de R$ 59,00 na matrícula e será contemplado com 40% de desconto nas mensalidades.

Se você acreditar que isso pode ser uma guinada em sua vida universitária, esperamos que esse post motive-o a transferir o seu curso e aproveitar os benefícios de uma graduação a distância.

Ficou com dúvidas no processo? Deixe seu comentário!

Clique aqui, vá para o site do FIES e inscreva-se!

Leia também: Como funciona a graduação a distância?

Willian Almeida

Escrito por Willian Almeida

Topics: Semipresencial