Acesse nosso portal
   

Conseguir graduar-se e ter uma formação universitária já é algo que exige muito esforço e dedicação. Imagine concluir duas graduações! Muitas pessoas, depois da primeira graduação, sonham em complementar seus estudos ou mudar completamente de área com outro curso superior. Mas, uma das maiores dúvidas de quem está pensando em realizar uma segunda graduação é como pagar as mensalidades do curso.

Não há motivos para desanimar! A primeira boa notícia é que é possível fazer outra graduação de forma mais barata. Confira as possibilidades!

fazer outra graduação é mais baratoPode ser mais barato e mais rápido    

Quem possui uma graduação, muitas vezes, realiza disciplinas básicas que são comuns a outros cursos. Sendo assim, após uma análise curricular e comparação de compatibilidade de disciplinas, o universitário pode aproveitar algumas aulas e dispensá-las na segunda graduação. É uma forma de concluir a segunda graduação de forma mais rápida e sem perder tempo revendo matérias que já conhece. Além de economizar, é claro!

Há descontos exclusivos para quem já é graduado. Muitas instituições de ensino oferecem descontos para ex-alunos e também para quem está ingressando, pois sabem que o universitário merece esse estímulo e essa confiança pelo seu esforço e dedicação. Dessa forma, o sonho de realizar a segunda graduação fica mais barato e cada vez mais próximo.

Gastar pouco na segunda graduação

Uma forma de não ter problemas com questões financeiras é pesquisar e informar-se sobre as formas de bolsas de estudo e financiamentos. Ao optar por uma universidade, é importante tirar todas as dúvidas e saber o que eles oferecem para quem já tem uma graduação. Muitas disponibilizam descontos na matrícula e nas mensalidades, o que facilita a sua conclusão.

Se precisa economizar, uma boa dica é fazer um planejamento financeiro antes de escolher a universidade. Não é apenas o valor da mensalidade que conta, é preciso atentar-se aos gastos adicionais e colocar no papel o que realmente é necessário. Veja o que a universidade escolhida oferece e o que pode tornar a conclusão do curso mais barata e acessível para seu bolso!

Financiamento pode tornar esse sonho possível

Nem sempre a primeira universidade é aquela área que a pessoa quer seguir para sempre. Ao longo da vida, podem surgir outras necessidades e outros sonhos. Pensando nisso, o Ministério da Educação (MEC) autoriza o uso do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para quem já fez uma graduação. Entretanto, os estudantes que não concluíram a graduação têm preferência em relação àqueles que já concluíram.

Essa ainda é uma boa alternativa de cursar uma segunda graduação de forma mais barata. Para disputar uma das vagas do Fies, o estudante graduado precisa ter feito o Enem a partir de 2010, atingido o mínimo de 450 pontos e não ter zerado a redação e comprovar uma renda familiar baixa.

Com esse tipo de financiamento, é possível concluir cursos superiores em instituições privadas, com uma taxa de juros de 6,5% ao ano.  Assim, todos os estudantes podem beneficiar-se com o crédito estudantil. O estudante paga uma taxa semestral, referente aos juros. Depois de formado, quando estiver trabalhando na área desejada, poderá pagar a dívida mensalmente.

Questão financeira resolvida. Então que tal saber quais são as vantagens de fazer uma segunda graduação? Temos um e-book exclusivo sobre o tema!

segunda_graduaçao

Leia também: Fazer segunda graduação vale a pena?

Tópicos: Segunda Graduação

Cleiton Miranda

Escrito por Cleiton Miranda

Recent Posts