Acesse nosso portal
   

Você já deve saber que áreas relacionadas à tecnologia estão ganhando cada vez mais relevância e dinheiro, o que estimula muitos estudantes que querem entrar nesse campo. Obviamente esse sentimento é válido, afinal, o mercado está aquecido, criando um cenário ainda mais favorável para quem quer seguir carreira. Uma realidade importante, inclusive, para quem deseja atuar com as Ciências da Computação especificamente.

Quem está prestes a iniciar a graduação ou já estuda Computação precisa, porém, saber que abertura de mercado não é sinônimo de vida fácil. A competição é grande e, para alcançar os bons salários que a área oferece, é preciso investir nos estudos.

Pensando nisso, fizemos este post para apresentar características e vantagens do curso e do trabalho, visando inspirar aqueles que desejam seguir nessa profissão. É o seu caso? Então, vamos lá!

Oportunidades para o profissional de Ciências da Computação

Tradicionalmente, quem atua nessa área trabalha com a instalação de sistemas, manutenção de softwares, desenvolvimento de aplicativos e em outras atividades ligadas aos sistemas de informação.

Sendo assim, o trabalhador pode ser contratado para cargos como Programador, Técnico de Informática, Gerente de TI e Analista de sistemas. Sobre as chances desse profissional, há demanda por cientistas da computação em todas as regiões do país. Também é possível conseguir oportunidades de trabalho no exterior, sobretudo por meio do trabalho remoto e recebendo em moeda extrangeira.

O melhor desse cenário é que, gradativamente, empresas de diferentes portes e nichos utilizam a tecnologia em suas atividades cotidianas. Por isso, o mercado para as Ciências da Computação está em expansão.

Se a demanda é crescente, por que o mercado é tão competitivo?

Naturalmente, se o mercado está em expansão, há cada vez mais espaço para a atuação dos cientistas da computação. Neste caso, a realidade não é tão simples.

Como visto, a área das Ciências da Computação está cada vez mais engajada com os processos produtivos e atividades rotineiras das firmas. Significa dizer que o trabalho desses profissionais precisa ser cada vez melhor, tanto para evitar falhas que gerem graves consequências, quanto para garantir resultados acima da média.

Em outras palavras, o mercado é exigente. As melhores vagas são ocupadas pelos profissionais mais qualificados. E isso inclui a concorrência com áreas similares, como a de TI.

Mais do que isso, é essencial saber que, quando se trata da realização de tarefas relacionadas ao sucesso de curto e longo prazo, empresas preferem esperar para contratar o profissional certo a contratar um que não tenha as devidas qualificações.

Um mercado tão competitivo quanto rentável

A consequência da alta competição é a garantia de que apenas bons profissionais de fato tenham a oportunidade de conquistar as melhores vagas de trabalho.

Cientistas da computação que procuram ficar por dentro das tendências, compreender as novas tecnologias e demandas do mercado recebem bons salários.

E isso acontece porque, como já se sabe, as empresas reconhecem a importância do profissional da área e sabem que um primoroso tem impacto real em na rotina e obtenção de sucesso.

Trabalhando em uma empresa de porte médio, por exemplo, um Analista de sistemas pode receber cerca de R$6.070. O salário varia de acordo com o tamanho da organização e o nível do profissional. Na mesma atuação e em uma empresa grande, um cientista nível master (com mais de 8 anos de mercado) tem um ganho superior a R$9mil.

Por outro lado, um Gerente de TI pleno, em uma empresa média, recebe um salário de R$7.780. Enquanto isso, um profissional de nível master em uma empresa grande pode beirar os R$20mil.

Ficou interessado e quer se preparar para construir uma carreira sólida na área? Conheça um pouco mais sobre o curso de Ciências da Computação do Centro Universitário Tiradentes!

Topics: Graduação

Vitor Luz

Written by Vitor Luz