Acesse nosso portal
   

Não tem jeito. Quanto mais perto se está do dia do exame, mais aumenta a tão conhecida “tensão pré-vestibular”, que se caracteriza, entre outros fatores, por mudanças de humor e ansiedade. Se sentir um pouco nervoso não é de todo ruim, mas, por outro lado, o ideal é não deixar esse sentimento “dominá-lo”.

Mas você sabia que o processo seletivo mais assustador para os alunos nem é tão difícil assim? Ou, pelo menos, não deveria ser. E tenha certeza: isso não é só uma tentativa de acalmá-lo. Enfrentar o vestibular com tranquilidade é possível. Você só precisa prestar atenção a alguns elementos, que nós, do Centro Universitário Tiradentes, explicaremos abaixo:

Você se preparou apropriadamente para o Vestibular?

Mesmo que você esteja respondendo esta pergunta na cabeça, procure ser muito sincero nessa reflexão. Tenha em mente que o seu desempenho no processo seletivo é reflexo direto da maneira como se preparou para o exame.

O recomendável é não deixar para estudar “de verdade” perto do grande dia. Monte um plano de estudos previamente e estipule metas diárias, para ficar menos complicado de avaliar o seu progresso.

Outro benefício do estudante que leva o período de preparação bem a sério, é a possibilidade de balancear melhor os estudos com as outras atividades do cotidiano. Planejando com zelo, sobra espaço até para a maratona da sua série de TV favorita ou aquele rolê com os amigos.

Você consegue aprender com seus erros?

Ao se inscrever no vestibular, o desejo de todo candidato é que seu nome esteja estampado na lista de aprovados. Mas, às vezes, por conta de um preparo não tão dedicado, o desfecho dessa história não é rigorosamente assim.

Ser reprovado não deve traumatizá-lo, mas é necessário que alguns ensinamentos sejam tirados dessa experiência. Deste modo, é essencial que você apto para aprender com os seus erros.

Entre as falhas mais comuns pelos vestibulandos estão a falta de organização nos estudos; o foco em disciplinas que o aluno tem mais facilidade, ao invés de se dedicar às matérias nas quais tem mais dificuldade; e, claro, trocar os estudos para ficar zapeando pela internet e conversando em redes sociais.

Você se preocupou em identificar e fortalecer suas fragilidades?

Entre as disciplinas que compõem a grade curricular no Ensino Médio, nenhuma é "o forte" de todo mundo. Existem aquelas com as quais a gente tem mais afinidade e outras cujos conteúdos o aluno espera nunca mais ouvir falar na vida.

No entanto, você deve se preocupar em encontrar uma forma de assimilar melhor essas matérias que são mais complicadas. E não há outro jeito de fazer isso, senão mergulhando de cabeça na revisão e treinando!

Se você fica nervoso só de ouvir a palavra "Física", por exemplo, pesquise na internet por materiais que descrevam os conteúdos de maneira mais simples ou façam demonstrações por meio de exemplos práticos.

E claro: faça muitos exercícios! Outra dica é participar ou fazer um grupo de estudo, para compartilhar dúvidas e experiências com estudantes na mesma situação. O aprendizado em grupo pode tornar o processo de entendimento mais fácil e divertido.

E você, também concorda que o vestibular não é esse bicho de sete cabeças que muita gente pensa? Se você já passou por um processo seletivo e foi aprovado, compartilhe suas experiências e estratégias! A sua vivência pode encorajar muitos estudantes a encarar essa fase de uma outra maneira!

Veja também ! Saiba como preparar-se para o vestibular 2018

Topics: Vestibular

Vitor Luz

Written by Vitor Luz